Quarta-feira, 14 de Maio de 2014

O ORÇAMENTO PARA 2000

 

Público – Caderno Economia – 21 de Fevereiro 2000

 

A proposta de orçamento do Estado que o Governo fez à Assembleia da República está nos antípodas do que eu gostaria.

O seu principal defeito está no crescimento da DESPESA PÚBLICA. Depois de durante quatro anos o despesismo ter sido o traço dominante da política orçamental de Guterres, eis-nos perante uma nova proposta de orçamento em que o crescimento real da despesa ultrapassa o inimaginável. Mais 10,8% de despesa pública em termos nominais e mais 8,8% em termos reais. Um disparate.

O peso dessa mesma despesa, que atinge praticamente os

11 000 Milhões de contos e representa já 51% do PIB, ou seja, mais de metade da produção anual de Portugal inteiro. Como é possível ter o descaramento de propor semelhante loucura aos portugueses?

Durante quatro anos tive a oportunidade de dizer largas vezes no Parlamento que isto ia acontecer. O Governo não fez praticamente esforço nenhum para reduzir o défice durante a sua primeira legislatura. Viveu apenas do efeito conjugado da redução das taxas de juro com a canalização de algumas receitas de privatizações para redução da dívida pública. Foi como a cigarra: cantou e dançou enquanto pôde.

Agora que a fatura de juros da dívida pública recomeçou a subir e que o crescimento económico começou a abrandar, que vai este Governo fazer? Vai, naturalmente, fazer duas coisas: vai aumentar a receita fiscal e vai esconder despesa do Orçamento do Estado, ou seja, vai desorçamentar.

No que concerne ao aumento da receita dos impostos, depois de ter crescido à taxa média de 9% ao ano, crescerá este ano “só” 9,7%, mais IVA, mais IRS e mais IRC.

No que toca à desorçamentação, é cada vez mais certo que as poucas obras públicas que se estão a fazer não serão pagas por esta geração. Ficarão por pagar, onerando o futuro a preços bem mais altos.

Entretanto, já me ia também esquecendo de que o Governo se propõe vender alguns edifícios e terrenos e utilizar receitas de privatizações em despesa corrente das denominadas operações harmónio e aproveitando o facto de em Bruxelas também andarem a dormir.

Caro leitor, a proposta de orçamento de Estado para 2000 é bem o espelho do PS a governar!

Rui Rio      

publicado por luzdequeijas às 18:49
link | comentar | favorito

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub