Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2009

FALTA DE ESCRÚPULOS

) Inserido Monday 26 January 2009 15:26

freeport, sócrates
Blogue de andrebarreiros :André Barreiros, Sócrates e o Freeport
O caso Freeport não pode ser relativizado por ter reaparecido em ano de eleições. Antes pelo contrário, devemos aproveitar o “lavar de roupa suja” da família Sócrates, suas ambições e expedientes, para reflectir e decidir se queremos este tipo de gente à frente dos destinos do País e consequentemente responsáveis pelo nosso próprio bem-estar. Revela-se o jogo de interesses, a fraude política, a fibra moral e uma cultura de enriquecimento ilícito incompatível com as aspirações justas e nobres da nossa revolução e Constituição democrática.
O primeiro-ministro José Sócrates bem pode tentar afastar-se da questão. O pequeno oportunista não é primo, é mais “um filho do meu tio”. O tio não é bem tio, é só meio-tio… e o engenheiro é mais hábito que monge…
Felizmente as pessoas não são parvas e já perceberam que o “maior espaço comercial da Europa”, o maravilhoso Freeport que anda às moscas e serviu de base a muita especulação imobiliária; a mega construção autorizada pelo ministro Sócrates a desequilibrar uma zona de grande interesse ecológico e ambiental, numa palavra a “negociata” está ensombrada do normal código corrupto que nos gere há 30 anos.
Em Portugal, toda a obra, todo o investimento, todo o projecto público serve inicialmente para enriquecer de uma série de sanguessugas da sociedade, encher as suas contas offshore e custear luxos; eles não diferentes das que lixam a vida às pessoas sérias e carentes do Mundo; a começar no felizmente afastado Bush, acabando no espírito boçal e provinciano dos que “ainda pensam que o dinheiro compra tudo”.
Agora tudo parece ainda mais grave, com uma Crise económica e financeira de dimensões inéditas, provocada pela ganância e soberba de alguns irresponsáveis que julgaram ser possível viver em luxo, ambicionar o luxo, imobilizar o luxo e viver num conto de fadas iluminadas de superiores qualidades administrativas. Dizem que tudo fizeram “com a melhor das intenções”. Mentira.
Os negócios de Estado servem para alimentar uma elite pseudo-partidária nada ideológica, muito menos socialista, cada vez mais saloia e demagoga. De cada milhão público, gasto ou recebido, gerado ou investido por terceiros, há sempre uma parte destinada às práticas abusivas e insustentáveis da neo-liberalização da administração pública. São pagas luvas e comissões a intermediários e o dinheiro do contribuinte é entregue a empresas privadas sem concurso público ou fiscalização independente. Consultores, assessores e gestores. É tudo deles e acham normal.
Temos um Estado obcecado em entregar riqueza a agentes privados e não se coíbe de lhes entregar como escravos e clientes os mais fracos da Nação; sejam os que sofrem para pagar a saúde, os que fraquejam perante a falta de oportunidades, os ignorantes e dependentes espirituais. É tudo privado e lucrativo, seja a educação do nosso Povo, a subsistência das famílias e saúde dos nossos concidadãos. É fartar vilanagem!
O tio do ministro ficou zangado porque não recebeu benefício líquido de ter promovido um encontro entre um inglês com quatro milhões e o nosso actual primeiro-ministro. O espantoso é que muita gente acharia regular que este típico burguês nacional fosse retribuído por ter servido de mero intermediário na marcação de uma reunião. É assim que grande parte do dinheiro que faz falta às grandes causas nacionais (Saúde, Educação, Segurança) é esbanjado;
; muitos milhões da nossa dívida pública, das derrapagens orçamentais e dos grandes investimentos nacionais vão parar aos promotores da desigualdade social e do crescente fosso entre ricos e pobres.
Esta política velhaca e de interesse corporativo-partidário é o carrapato da civilização moderna. Em Portugal, as carraças da democracia, ora PS, ora  PSD e outras saltitantes, são as ditas famílias do Poder e as suas redes de influência. Soaristas, Cavaquistas, Guterristas, Barrosistas, Socratistas e outros sacristas. Gente que enriquece ilicitamente, exibindo arrogância e insensibilidade, nunca tendo tido a intenção de servir o Estado, somente servir-se do Estado. São os amigalhaços, o primo e o amigo do ginásio; os novos gestores de formação dúbia e amoral que têm ou criam numa hora a empresa mais cotada para servir o País e que dispensa concurso público; são os idiotas da gestão que nunca abdicam do luxo quando chega a hora de despedir trabalhadores honestos; são os imbecis das reuniões de administração onde passam horas a discutir novos modelos de telemóvel, novos carros de empresa, viagens exóticas e ainda assim se julgam merecedores do ordenado que falta para pagar à empregada de limpeza.
Mesmo que o escândalo venha “a calhar” para outros interesses, nunca é tarde para reflectir e encontrar paralelos entre o Freeportgate e tudo mais o que acontece em Portugal desde que a sabujice substituiu o PREC no poder. Quem ganhou com a desconchavada descolonização e com a morte de Sá Carneiro; quem saiu beneficiado com o tráfico de armas, droga e com as guerras dos diamantes e petróleo; quem se aproveitou do Fundo Social Europeu e dos apoios da Europa, quem deu cabo do Serviço Nacional de Saúde, quem passou de funcionário público a fornecedor e traficante de influências.
Mais de trinta anos a encher os bolsos de uma cambada de incompetentes, meros criadores de enriquecimento pessoal e corporativo; não sociais, nem democratas, não socialistas mas sabujos.
André Barreiros  

NOTA - Desabafo do Procurador Geral da República sobre o caso Freeport : "O caso freeport é um caso como tantos. Há setente mil só no DIAP de Lisboa" .

 

Comentário - Se só em Lisboa há 70 mil, quantos haverá no país ? Era interessante saber-se, para se aquilatar do estado da Justiça em Portugal.

publicado por luzdequeijas às 17:36
link | comentar | favorito

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub