Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008

REGULAÇÃO

Que entidades reguladoras se acham neste momento instituídas em Portugal?
O IRAR - Instituto Regulador de Águas e Resíduos, com uma intervenção parcelar
A ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos
A ANACOM - Autoridade Nacional de Comunicações
A ERS - Entidade Reguladora da Saúde
A ERC - Entidade Reguladora da Comunicação Social
A AC - Autoridade da Concorrência
O BP - Banco de Portugal
A CMVM - Comissão de Mercado de Valores Mobiliários
O ISP - Instituto de Seguros de Portugal
O INAC - Instituto Nacional da Aviação Civil
O INFARMED - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos da Saúde, IP
O IMTT - Instituto de Mobilidade e dos Transportes Terrestres
A ASAE - Autoridade de Segurança Alimentar e Económica
O INCI - Instituto Nacional da Construção e do Imobiliário.
Fiquemo-nos por estas.
Se compulsarmos as páginas oficiais, com as alterações dos últimos três anos, instalou-se o caos. Ninguém sabe o que é o quê neste domínio, ou quem é quem.
Está instalada a confusão !

 
Os presidentes das autoridades reguladoras devem ser nomeados pelo Governo e pelo Presidente da República ? Parece seguro que uma regulação forte é uma das condições para uma democracia com qualidade. Alguns entendidos apontam para uma proposta do Governo com nomeação do Presidente da República. Em boa verdade os governos têm medo da regulação deste modelo anglo-saxónico, instaurado em Portugal vai para três anos. Se puderem mandar no regulador tanto melhor ! As entidades reguladoras, embora independentes, foram integradas na administração central do Estado ! Deu jeito assim.
 
Entretanto são vários os partidos que se preparam para apresentarem propostas de alteração. O Governo não concorda com a intervenção do Presidente da República. Pudera, quanto mais esvaziarem este órgão de soberania, melhor, pensam eles, enquanto forem Governo. Por eles as coisas como estão, vão de vento em poupa. É gente dócil que têm na mão. Contudo a mais importante e necessária regulação é precisamente aquela de que o Governo deve ser objecto. A actual situação é uma vergonha !
 
O presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação social, tem sido apontado como pouco transparente nas suas funções (?) de regulador. Do alto da sua arrogância afirma: “ Não tenho de fazer «strip» para ser transparente. Isso é o que ele julga, começando pela sua nomeação e continuando no desmesurado apoio ao primeiro ministro e PS. É palpável e bem palpável. Convidado a dar uma entrevista ao Expresso, recusou ser entrevistado por determinado jornalista. Vetou-o . Pura e simplesmente ! Sem sequer apresentar argumentos !
 
Em resposta podemos transcrever uma nota do jornal ( Expresso), na qual o problema da falta de cerimónia do presidente da Entidade Reguladora da CS, está evidente : 
” Azeredo Lopes acusa o Expresso, entre outras coisas, de falta de neutralidade, no tratamento da ERC. Mas acrescenta que nunca a ele lhe foi negado espaço para contrapor e responder.
É, precisamente, por reconhecermos que podemos cometer erros que damos, com todo o gosto, espaço a Azeredo Lopes.
E cremos que a independência do jornal ( que é diferente de neutralidade) fica assim assegurada e manifesta, ao contrário do que pensa o responsável pela regulação dos jornais.
Um jornal plural como o Expresso há- de ter diferentes opiniões, incluindo a do presidente da ERC a quem excepcionalmente permitimos o veto a um entrevistador. O que não há - de ter é a neutralidade química que Azeredo reivindica. Porque a exigida neutralidade (mensurável, segundo afirma ) é uma outra forma de alguém exterior ao jornal decidir o que nele se publica. E isso tem um nome que todos sabemos qual é. “
 
Mais comentários para quê ? De facto um jornal, até pode não ser neutral, desde que o assuma, agora, o presidente da Entidade Reguladora da CS tem de sê-lo. Mesmo nomeado por um Governo, como está a acontecer. E muito mal.
Toda a gente quer ignorar o peso da “Sociedade Civil” no equilíbrio de uma verdadeira democracia. Chegará o dia em que as coisas terão de mudar.
António Reis Luz    
publicado por luzdequeijas às 20:31
link | comentar | favorito

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds