Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

NEGOCIAR É IMPORTANTE

 

222 páginas com dicas

A prateleira dos livros de auto-ajuda conta agora com um exclusivamente dedicado aos sofridos e assustados progenitores. Chama-se "Parenting Your Teenager" e fornece, em 222 páginas, algumas dicas úteis para ultrapassar a adolescência dos filhos sem grandes sobressaltos além dos próprios da idade, e para tornar possível isso que os filhos se negam a ter agora mais do que em qualquer outra altura da vida: o diálogo. A autora, a britânica Suzie Hayman - que assina uma trintena de livros, muitos dos quais sobre a adolescência -, não pretende fazer um tratado sobre esta etapa e as suas características. Antes pressupõe que, por vezes, os confrontos entre pais e filhos têm origem na desadaptação dos pais, ou melhor, na persistência destes em continuar a utilizar os padrões de relacionamento vigentes em etapas anteriores.

Negociar é importante

Em resumo, e o livro começa com esta afirmação, as crianças são cães, enquanto os adolescentes são gatos. Ninguém trata um cão da mesma forma que um gato. Insistir em fazê-lo é mais do que meio caminho andado para o fracasso da comunicação. E, tal como não se espera de um gato que acate uma ordem, dificilmente o jovem consentirá que os pais o controlem ou lhe imponham regras rígidas. Aos pais, habituados a ter o controlo das situações, requer-se que incorporem no seu vocabulário algumas palavras essenciais: negociação, mútuo consentimento, acordo. "O que funciona com uma criança pode não ser apropriado para lidar com um adolescente. Estes precisam e respondem melhor à comunicação e à negociação do que à supervisão e à orientação", escreve Hayman.

Ora, para comunicar com um adolescente são necessárias ferramentas específicas, que os pais podem e devem encontrar dentro de si próprios. Uma delas é saber ouvi-lo, ter a capacidade de não o julgar mal ele acaba uma frase, não colocar-se como exemplo do género "eu já passei por isto", não desvalorizar o que diz, não estar distraído quando o faz. Sobretudo, não desperdiçar uma oportunidade de conversa com ele, seja curta ou extensa, porque "não se tem tempo" ou porque se considera o assunto irrelevante. O conceito de "escuta activa" (e reflexiva) é o indicado para interagir com um jovem que, mais do que procurar que lhe dêem soluções, quer encontrá-las por si mesmo.

 

O que está por trás da atitude

Claro que o adolescente irá esticar a corda até ao limite - e fá-lo-á em nome do direito a descobrir quem é. O seu processo de crescimento alimenta-se inevitavelmente da oposição. Ele precisa de desprender-se, de separar-se, de encontrar-se, e todo o seu comportamento estará para aí orientado. Os pais, enquanto alvo principal, terão de lhe estabelecer limites, mas é importante que o façam distinguindo o comportamento da pessoa. "Se eu disser 'tu és mau, não prestas, chegaste tarde a casa, és um mau filho', estou a atacar a pessoa. Se eu disser 'tu fizeste uma coisa de que eu não gostei, não o devias ter feito', estou a comentar apenas o comportamento", exemplifica Daniel Sampaio, acrescentando que os ataques pessoais têm consequências duradouras a nível da auto-estima e da segurança afectiva.

O importante é compreender que os comportamentos não nascem do nada, mas são a ponta do icebergue de uma complexa engrenagem que assenta em sentimentos e necessidades. Para Suzie Hayman, "todo o comportamento é uma forma de obter o que se precisa". Não se trata, portanto, de "tentar mudar" a forma como o jovem adulto age. Mas de perguntar-se o que é que está por trás da sua atitude, que necessidades a impulsionam, que sentimentos a desencadeiam. "O que subjaz o comportamento é muitas vezes necessidade de atenção, de aceitação, de apreço e de independência", garante Hayman. Mas que fazer? "Uma boa maneira de lidar com o conflito é agir, não reagir." Ensinar o filho a expressar as suas emoções e a compreender os seus anseios. Faz toda a diferença: uma vez percebido o que o origina, o (mau) comportamento deixa de fazer sentido - pelo menos durante algum tempo.

EXPRESSO - DANIEL SAMPAIO  

publicado por luzdequeijas às 19:05
link | comentar | favorito

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub