Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

BALANÇO DA GOVERNAÇÃO SÓCRATES

Com as férias parlamentares encerra-se, na prática, a mais longa legislatura do regime democrático. Fazem-se balanços da actividade governativa e do comportamento das oposições. Avalia-se a deplorável situação da economia e das finanças, bem como o desempenho das instituições e o estado geral da nação. Esgrimem-se as cifras terríveis do desemprego e do défice, invocam-se argumentos a favor e contra as políticas seguidas nestes quatro anos e meio.

A maior parte desses balanços ilustram-se com números, índeces e percentagens. Mas há um balanço imaterial a fazer do período correspondente a esta legislatura que não é só da responsabilidade do Governo e tem pouco que ver com progressos ou retrocessos na economia e no bem-estar da população. É um balanço de factos com consequências que não se podem quantificar nem avaliar com rigor, sabendo-se apenas que são devastadoras para a imagem da democracia portuguesa.

Esta foi a legislatura em que vários autarcas a contas com a Justiça voltaram a concorrer e ganharam, depois de repudiados pelos respectivos partidos. Esta foi a legislatura em que os partidos políticos, sem excepção, se arrogaram o direito de se financiarem, em plena crise, muito para lá dos limites do razoável e em condições de transparência mais que duvidosa. Esta foi a legislatura em que correram processos fundados em suspeitas de financiamento ilegal dos partidos políticos. Esta foi a legislatura em que pela primeira vez, o nome de um primeiro-ministro foi citado num processo por corrupção. Esta foi a legislatura em que um Governo de maioria absoluta esteve à beira de perder uma votação importante porque 11 dos 230 parlamentares decidiram ir de fim-de-semana mais cedo, prática regular nos fins de semana prolongados. Esta foi a legislatura em que um ministro saiu de cena por ter feito cornos no Parlamento, mas em que deputados ficaram impunes, apesar de terem tido comportamentos não menos indignos. Esta foi a legislatura em que o procurador-geral da República, descontente com a qualidade de redacção das leis, de que também se queixou o Presidente da República, passou aos senhores deputados um atestado de analfabetismo, pedindo-lhes o favor de tirarem as vírgulas entre o sujeito e o predicado. Esta foi a legislatura em que um banco apareceu aos olhos do país como um antro de vigarices disfarçadas de negócios, alegadamente protagonizadas por ex-dirigentes de um mesmo partido, dois ex-ministros e um secretário de Estado, que vêm desfilando, para nossa vergonha colectiva, perante um juiz de instrução.

Tudo isto e um clima de suspeição generalizada em torno de projectos  e negócios do Estado com grandes empresas privadas - nas quais pontificam quase sempre figuras gradas da política, contratadas para que mais facilmente se exerça o velho tráfico de influências - causaram mais dano do que a crise económica e financeira. São a expressão de uma doença nacional que vem de longe e a que ninguém dá mostras de querer pôr fim. Esta crise que mata a confiança dos eleitores nos seus eleitos é a mais grave ameaça que o país enfrenta. Devia estar no centro das preocupações dos partidos que, daqui a poucas semanas, vão pedir de novo o voto dos portugueses.

Expresso   25-07-2009     

publicado por luzdequeijas às 19:29
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub