Quinta-feira, 25 de Outubro de 2012

O SONHO DE SÁ CARNEIRO II

Como a carreira política de Sá Carneiro, infelizmente, terminou nesse fatídico dia 04 de Dezembro de 1980, não é possível saber-se se ao certo como pretendia ele concretizar o seu sonho, nem como utilizaria o seu desejo “Um Presidente, um Primeiro-ministro e uma maioria, ao serviço da Pátria que ele amava.

Uma coisa, todos os portugueses sabem; outros conseguiram este desígnio e com ele e uma grande paixão pelas ideologias de esquerda, levaram por diversas vezes o país a vergonhosas “bancarrotas”. De resto, Sá Carneiro foi um homem muito mais apegado à pátria e aos portugueses e muito menos de mente fixa em partidos ou ideologias!

Uma certeza, todos podem ter dele; dentro dos contornos do seu sonho, jamais poderia caber o desejo de receber um país no estado em que as tropas do seu partido, receberam em 2011 Portugal! Mesmo com os três poderes alcançados, isto não se deseja a ninguém.

Em 1995, o País elegeu Guterres que não tardou a enganar-se ao fazer contas... Parece que isto da má matemática já faz parte do património genético português... Depois dumas eleições autárquicas que não reduziam a legitimidade do seu governo, surpreendentemente Guterres demitiu-se afirmando que o fazia para que o país não entrasse num pântano democrático. Afinal, talvez Sá Carneiro tivesse razão ao sonhar com estabilidade governativa!

Depois de um breve período com o PSD no poder, outro presidente da República demite um governo em funções há três meses e convoca eleições!

Um governo demitido, dificilmente ganharia eleições e assim, temos de novo o PS no governo com um Presidente da República PS.

O povo português tem sido pródigo nas opções de esquerda, vejamos como em Junho de 2011 deixou o país, a um Passos Coelho, sem maioria absoluta: Um País em bancarrota, entregue aos desígnios da Troika e a um acordo sem margem para desvios, com um partido (PS) apostado em fazer oposição demagógica e que nem uma sequer ideia apresenta para ajudar o governo a remediar o legado que recebeu e se pode definir como segue:

Por cada euro produzido no País, há uma dívida de 4,3 euros nas mãos dos credores. Entre empresas públicas e privadas, Estado e famílias, Portugal deve um total de 726 mil milhões de euros, um montante que representa 432% da riqueza produzida. Em números redondos, a dívida do País é equivalente ao valor de quase dez empréstimos da troica a Portugal.

Nunca Portugal caiu tão baixo, a oposição e a comunicação social com uma visão da política e da economia de feição esquerdista, flagelam o primeiro-ministro, constantemente, como culpado de tudo isto. O povo é sempre contra quem não lhe fala de facilidades, antes lhe impõe austeridade! Haverá outro caminho? Alguns falam em negociar mais tempo para pagar a dívida! Com um euro produzido a custar 4,3 euros, mais tempo é cavar mais ainda uma dívida já brutal.

Sá Carneiro tinha razão no seu sonho e Passos Coelho já percebeu isso lamentando-se num profundo desabafo:

"Se algum dia tiver de perder umas eleições para salvar os País, que se lixem as eleições. O que interessa é Portugal."



publicado por luzdequeijas às 16:07
link | comentar | favorito

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub