Domingo, 26 de Junho de 2011

PRINCÍPIOS DE REJUVENESCIMENTO HUMANO 1

A Globalização, pretendida no século XX, início do século XXI, acabou abortando no meio do caos económico e social, vivido. A verdadeira Globalização foi posta em prática no período que medeia os anos 2020 a 2040. Até aí, o processo globalizante teria proporcionado alguns ganhos na prática livre, do comércio internacional, mas, também é verdade, que tais benefícios daí decorrentes, não tinham chegado a muitos pontos do globo. Talvez se tivesse reduzido mais o enorme fosso entre países ricos e pobres! Está por provar, que os graves problemas que vinham afectando o mundo, tivessem sido corrigidos a benefício de todo esse mundo. De referir, que matérias que estavam a preocupar as pessoas: a justiça e a segurança, a luta contra a criminalidade e o controlo dos fluxos migratórios, não beneficiaram de forma visível com a dita globalização. O mesmo se poderá dizer de soluções esperadas nos domínios do emprego, da luta contra o desemprego e exclusão social e a reclamada coesão económica e social. Não se passou da expectativa nos domínios da poluição, das alterações climáticas e segurança dos alimentos e ambiente! Mais clareza nos assuntos externos, na segurança e defesa das populações. Em suma, as populações que esperaram soluções da Globalização, para os mais variados problemas que os afectavam e preocupavam, ficaram-se pelas expectativas. De palpável, nada. Era sentido que toda a gente esperava, mais transparência, respeito e simplicidade de processos. Esperava por mais reflexão sobre novos conceitos na Administração Pública e na Sociedade Civil, que perspectivassem alcançar uma cidadania mais activa, particularmente no que toca aos aspectos comunicacionais e comportamentais, nos contextos das governações em curso. Esperava-se pela divulgação de instrumentos e práticas nacionais e internacionais que promovessem a participação dos cidadãos na procura do seu próprio destino. Esperava-se o combate à corrupção sem que dele se vislumbrasse qualquer sinal. E ainda se esperava, o enquadramento da cidadania activa no contexto dessa globalização e dos papéis relativos da Administração Pública e da Sociedade Civil na promoção da participação pública, da ética, tendo em conta eixos importantes como: educação, informação e comunicação social para a cidadania activa. Esperava-se, sim. Na realidade ficámos esperando.

O próprio projecto da União Europeia, que acalentou múltiplas esperanças, perdeu-se entre os objectivos do alargamento ou do aprofundamento. Em plena crise, avançou-se com dinheiro a juros insuportáveis para controlar o défice mais críticos. Ao invés de uma gestão solidária do espaço económico europeu a favor das economias dos países desalinhadas e em vias de bancarrota! O défice controla-se com mais produção e não com dinheiro. Também ajudando tais países a produzirem mais e melhor e a preços concorrênciais. Proporcionando-lhes mais actividades económicas com a certeza de colocação dos seus produtos nos mercados europeus e mundiais. Sempre a preços competitivos, valendo-se de empresas "joint venture" logo com empresas de capitaios do país importador e do país exportador.

 

A única forma de lhes dar a “mão” é trazê-los ao crescimento económico, numa autêntica gestão integral das vocações económicas de cada país membro, dentro do espaço europeu da UE.

 

O que aconteceu, em concreto, foi um “caos” como nunca tinha sido visto! Foi um desemprego aterrador e a perda total dos valores que balizam uma sociedade, dita humana. Na realidade, tudo o que se esperava não tinha sido conseguido e um montão de carências saltaram à vista de toda a gente! Algumas arrepiantes! Foi uma crise internacional (nalguns casos também nacional) de proporções gigantescas! Foi uma especulação financeira sem limites! Foi o fantasma da fome, de volta!

Ao invés, imensos factores se agravaram! O desemprego atingiu percentagens incríveis! O aumento do custo de vida disparou! O desnível entre ricos e pobres aumentou!

O desprezo pelas franjas sociais relevantes e intrínsecas, IDOSOS E CRIANÇAS, foi chocante! A Violências bateu recordes e a criminalidade agigantou-se! Insegurança foi total! A destruição do ESTADO SOCIAL cavou o aparecimento do “caos”! O mundo mergulhou num poço sem fundo, trazendo com isso, uma completa perda de expectativas e descrença no futuro das populações!

António Reis Luz

 

 

publicado por luzdequeijas às 18:44
link | comentar | favorito

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub