Sexta-feira, 26 de Novembro de 2010

OS NOSSOS PARTIDOS

Vítor Constâncio e Cavaco Silva, por exemplo, não morriam de amores pelas estruturas dos respectivos partidos - e, quando Cavaco esteve no Governo, quem fazia a ligação com o PSD eram outros dirigentes, como Dias Loureiro, Fernando Nogueira ou Marques Mendes.

Porém, enquanto estes problemas estão circunscritos às esferas partidárias, ainda vá que não vá.

Mas quando os vícios dos partidos são transportados para o nível do Governo, aí é que são elas.

O exemplo vem de cima; portanto, quando os exemplos são maus, tudo na sociedade começa a correr mal.

O primeiro-ministro, José Sócrates, pode ser o homem mais sério do mundo e o mais identificado com os interesses da nação.

Mas é inegável que se rodeou de pessoas que não são propriamente poços de virtudes e que constituem péssimos exemplos: desde Armando Vara a José Penedos ou Mário Lino, passando por todos os Ruis Pedros Soares deste mundo.

Em várias instâncias do poder instalou-se uma espécie de máfia - que nalguns casos já actua por conta própria, sem caução do primeiro-ministro ou de alguém do seu gabinete, mas com a sua complacência.

E esta gente está em toda a parte: pressiona os órgãos de comunicação social, actua dentro das empresas públicas ou participadas, tem laços estreitos com a banca, estabelece cumplicidades no aparelho judicial e em algumas Polícias.

Ora, com estes exemplos vindos de cima, como estranhar que se tenha instalado no país um clima de salve-se quem puder, de desrespeito por valores e princípios, de comportamentos fraudulentos, favorável à corrupção e ao tráfico de influências?

Repito: o exemplo vem de cima - e, num ambiente promíscuo, ninguém quer passar por trouxa.

Se os que estão lá em cima não têm escrúpulos e se safam, por que hei-de ser eu o anjinho? - é o que muita gente pensa hoje.

Por isso, é absolutamente indispensável que se arrepie caminho depressa - e que o Governo volte a dar bons exemplos .

Mesmo que os partidos não mudem de atitude - e não vão com certeza mudar -, o Governo não pode ter os mesmos comportamentos e tem de dar ao país os sinais certos.

Não é possível Portugal continuar a ter governantes suspeitos de corrupção e pessoas que, ao nível do poder, actuam como gangsters.

Para que o conjunto da sociedade não perca o sentido dos valores e dos princípios fundamentais, é preciso que aqueles que ocupam lugares cimeiros sejam os primeiros a respeitá-los.

É este, diga-se de passagem, o grande trunfo de Cavaco Silva: transmitir uma imagem de seriedade ao nível do topo do Estado.

É por isso que muita gente confia nele.

José António Saraiva

publicado por luzdequeijas às 18:35
link | comentar | favorito

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub