Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010

A " MESQUINHEZ DE SÓCRATES "

Novembro de 2008

 www.rr.pt/multimedia.aspx?FileId=478446&cat=257&TypeId=3&pagina=1

 

( Clicar acima para ouvir )

Desde 2006, não tem parado o número de trabalhadores por conta de outrem
que recebem o Salário Mínimo Nacional (SMN). Os dados são avançados pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social. Traduzindo-se em mais de 200 mil pessoas a ganhar 403 euros por mês. O valor do salário mínimo nacional foi entretanto actualizado para 426 euros por mês.

"Eu se estivesse no lugar do primeiro-ministro não teria feito esse anúncio desde já, não quer dizer que não o tentasse executar, mas não o faria em anúncio com um ano de antecedência", disse Manuela Ferreira Leite, num encontro com empresários.

O Primeiro-Ministro José Sócrates rejeitou as críticas da líder do PSD em relação à subida do ordenado mínimo nacional, considerando-as movidas pela "mesquinhez". Bastante revelador da classe do PM !

Em boa verdade Manuela Ferreira Leite não fez criticas, limitou-se a aconselhar prudência nos aumentos a um ano de distância e, desde logo, foi mimoseada pelo primeiro-ministro ! Não ficou por aqui o ataque totalmente despropositado às palavras de MFL. Passou-se a dizer que ela era contra o aumento do SMN e, daqui a conclusões de falta de humanismo e sensibilidade foi um instante. Como habitualmente, a comunicação social vai repetir dezenas de vezes as deturpações soezes que, vêm descarregando em cima da líder do PSD, fazendo coro com o PS, nomeadamente com Sócrates. Lembram-se do Hitler ?

Ninguém pode ter uma noção exacta do que vai ser o próximo ano de 2009. Os países da UE estão todos a entrar em recessão. Esta não é uma recessão normal. Tem vários contornos de grande gravidade. O problema financeiro seria de somenos, mas o problema do preço do petróleo vai repetir-se. Sempre para atingir picos mais altos. Com eles vai-se agravando a economia mundial até ao fim da energia barata. Portugal é o país menos preparado para conseguir viver e sobreviver com energia a preços elevados. As energias alternativas, nunca passarão de complementares da energia do petróleo ! Este é um grave problema que o mundo, e ainda mais Portugal, irá enfrentar no primeiro quarto deste século. A competitividade e o preço da energia !

A nossa economia assenta cada vez mais nas PME. São o tipo de empresas que melhor serve o nosso país, pois, em situações de crise frequentes, são aquelas unidades que mais rápida e facilmente se adaptam a novos projectos. As PME de ano para ano reforçam a sua importância em Portugal. Aumentaram a uma taxa média anual de 9,0 %, ou mais, do que resultaram acréscimos no emprego da ordem de + ou - 5,0 % e no volume de negócios de mais de 4,o %. Em 2003 existiam em Portugal cerca de 275 mil sociedades, das quais 99,6 % eram PME, que empregavam dois milhões de trabalhadores, ou seja, 75,6 % da população activa nacional, e facturavam 155 mil milhões de euros, valor correspondente a 57,9 % da riqueza nacional. A distribuição sectorial das PME é muito semelhante à da globalidade das empresas. Assim, o comércio, a construção e o turismo são os sectores com o maior número relativo de PME, enquanto o da energia é aquele onde as PME têm menos relevância.

É neste universo de quase 300 mil PME, que dá trabalho a muito mais que dois milhões de pessoas que, na actual situação de crise mundial, é preciso pensar muitas vezes antes de mudar seja o que for. O aumento ocorrido no SMN é de pouca monta, mas mais importante do ele, é ter a certeza de que por um qualquer aumento, não entrarão em falência centenas de PME e em despedimento centenas milhares de trabalhadores. Em situação conjuntural totalmente adversa, e com a maioria das PME em risco, fala mais alto a segurança do trabalho garantido. Sabemos que Sócrates e a comunicação social, têm sobre tudo isto uma maior abertura ! Com o dinheiro e a vida dos outros! Sabemos como aceitam e promovem o trabalho precário. Fazem-no com tanto gosto que, até, nomearam “ Procurador da Precariedade “ o seu porta-voz habitual, Vitalino Canas. Sócrates estava certo de que todos os trabalhadores que fossem despedidos das PME, iriam, certamente, encontrar rapidamente trabalho no mundo da precariedade ! Sem nunca saberem qual é o seu local de trabalho. O seu domicílio. Como podem ver os seus filhos. Quanto ganham e por quanto tempo. São trabalhadores cheios de futuro !

Assim vai Portugal, com a ajuda da comunicação social, rendida à competência de José Sócrates .


António Reis Luz

publicado por luzdequeijas às 14:39
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub