Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

AS REFORMAS PERDIDAS

Há precisamente quatro anos o ex-presidente da República, Dr. Jorge Sampaio, dissolveu a Assembleia da República, onde existia uma maioria absoluta, de forma algo estranha. Tal estranheza é hoje mais que clara. Claríssima e injusta !

O país há mais de dez anos que vai de mal a pior. Era notório que seria preciso encontrar uma solução que levasse Portugal a fazer as “Reformas” entendidas por imprescindíveis para salvar um dos países mais antigos da Europa, da falência. Uma maioria ( outra ? ) e gente reformadora ( ! ) , precisava-se. O país foi intoxicado pelos média contra o PSD. Imagine-se, contra alguém que estava no poder há três meses ( de verão ) ! Anunciaram-se as famosas “ trapalhadas”, que nunca ninguém entendeu o que era tal coisa.
 
Veio um novo Governo, apoiado pela população e mais ainda pela comunicação social ! Nunca existiu tanto folclore governamental. Pela mão de um primeiro-ministro, sabe-se hoje, sem preparação académica à altura e nenhuma experiência empresarial. Sabia e sabe muito da podridão dos partidos. Daquilo que tem destruído o país.
Tem uma fluência grande, verborreia, a que, anos atrás, se chamava “ banha da cobra”. Uma postura prepotente também, para disfarçar autoridade ( afinal era autoritarismo ! ) .
 
Todas as supostas reformas foram ficando pelo caminho. As estatísticas foram aparecendo moldadas à sua vontade. Até as sondagens estão longe de convencerem, o mais crédulo dos mortais. Enfim, uma máquina infernal, com gente certa no lugar certo, para os fins em vista. Escritórios de advogados bem pagos a produzirem montanhas de leis e estudos. De qualidade muito duvidosa. Ou seja, todos os ingredientes necessários para manter no poder, se possível com maioria absoluta, uma enorme plêiade de “irmãos”, sedentos de estatuto e de tudo a que se chama de benesses ! Benesses de ricos! De resto, eles nunca estiveram tão bem.
 
As “Reformas” da Justiça, da Saúde, Ensino, Tecnológica etc. , muito principalmente a Reforma da Função Pública, ficaram caídas na estrada do encantamento e volúpia do poder fácil e incompetente. Quatro anos perdidos e o país, talvez, perdido para sempre. Anos bons, somente, para os milhares de assessores, analistas e comentadores de serviço, mais, os bem pagos escritórios de advogados e reguladores atentos e obrigados !
 
As reformas devem fazer-se a contra-ciclo, ou seja, em período de “vacas gordas”, que este governo teve e aproveitou para chamar a si os louros do aumento (pequeno) das exportações. Também tiveram a maioria absoluta que eles aproveitaram para satisfazer as “ franjas da sociedade” com as muito discutíveis “ medidas fracturantes”! Também para insultarem tudo e todos, com autoritarismo. Nomeadamente, dando espectáculo no Parlamento e rebaixando parlamentares, juizes, professores, médicos, enfermeiros, sindicatos e principalmente funcionários públicos. Que nada tiveram para fazer, pois, o Governo, serviu-se do “outsourcing”, sem concursos, desvalorizando e desclassificando o mérito da função pública !
 
A crise veio e bateu forte. Mais do que poderíamos imaginar. Agora, o chapéu protector do Estado patrão, que nunca estudou simplificações na funcionalidade desactualizada da Função Pública, abriu-se para acolher toda esta gente . O Governo nunca procurou diminuir os efectivos da FP, com dignidade e respeito pelos seus funcionários, pedindo ajuda à sociedade civil e descentralizando ou privatizando em segurança, por isso, alberga, mais de  900 mil trabalhadores. Um terço dos trabalhadores nacionais !
Que agora, jamais pode dispensar, sob o odioso de os atirar para o desemprego que cresce desmedidamente. Perdeu-se uma soberana oportunidade de baixar a despesa pública com dignidade e racionalidade. De aumentar a competitividade da nossa economia. Agora, os portugueses vão continuar amaldiçoados e amargurados a pagar impostos para suprirem a incompetência deste Governo e, principalmente, de José Sócrates. Pagaremos , de novo, o défice e muito mais.
António Reis Luz
publicado por luzdequeijas às 15:15
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub