Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Vou Divorciar-me

Mar Salgado

Terça-feira, Fevereiro 17:

 

DÚVIDA RAZOÁVEL:

(segunda hipótese de título de post: VOU DIVORCIAR-ME MAL POSSA)

Admitamos então que a lei civil irá um dia permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Em (suposto) nome da liberdade, da individualidade, da igualdade e de tudo o mais que se quiser. Tudo bem, excelente. A pergunta é: e quem não quiser casar civilmente é obrigado a isso? Em nome de quê? E para quê?

Um casal que pretenda celebrar o sacramento do matrimónio fica imediatamente obrigado ao casamento civil. Para quê? - não se percebe bem, já que o casamento civil não vale um caracol desde que o partido socialista e os seus acólitos interessadamente esvaziaram os deveres dos cônjuges inerentes ao casamento civil (uma vez que a sua violação é completamente desinteressante para o que quer que seja). Ou seja, o casamento civil não interessa nada e para nada. Não serve, não serve os interesses da família, da sua protecção, da continuidade ou perenidade, da educação dos filhos ou sequer do respeito entre as pessoas: não vale o papel do registo, que pode ser rasgado a qualquer momento e por qualquer motivo.

Perante esta situação, perguntar-se-á então que razão existirá para obrigar aqueles que apenas pretendem obter um sacramento (o do matrimónio), à luz da sua fé e da religião que professam, a ficar inerentemente obrigados a uma lei civil que não lhes interessa, que podem não pretender, e que deixa de ter razão de ser?

À mesma luz das supostas tolerância, liberdade e individualidade (para já não falar da questão fiscal – que, confesso, a mim me importa bastante) inexiste motivo para que aqueles que apenas pretendem contrair um sacramento, à luz da sua fé, sejam obrigados a suportar a lei civil e ficar obrigatoriamente equiparados a outras situações com as quais podem não concordar ou não querer misturar-se.

Bem vistas as coisas, pode um casal livre não pretender que os seus afectos sejam equiparados pela lei civil a um casamento (qualquer que ele seja), a uma união de facto ou a qualquer outra coisa que essa tal de lei civil resolva inventar. Não interessa, a lei civil não tem de se meter nos meus afectos nem na minha fé e religião, ou sequer na minha cama (como invariavelmente tenho ouvido dizer).

Deste modo, não deveria a lei civil interferir no sacramento matrimonial que um casal pretende efectuar à luz da sua fé e religião. De forma que pode perfeitamente ficar o casamento civil para as pessoas do mesmo sexo (ou de sexo diferente, que o pretendam assim registar, pouco me interessa) mas não se deverá impor esse casamento civil àqueles que apenas queiram a bênção de um sacramento.

No exacto dia em que essa liberdade for possível divorciar-me-ei alegremente (se possível perto de uma repartição das finanças, apenas para meter nojo), de comum acordo e de bom grado com (e não "de") a minha cara-metade. E viveremos ambos, juntos, felizes, até ao fim da vida.

publicado por luzdequeijas às 19:06
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub