Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

A MULHER PORTUGUESA

QUEM SE PREOCUPA COM DESVIOS SEXUAIS E OUTRAS COISAS MAIS..............  não se pode preocupar em legislar de modo a proteger a mulher..... ( só as lésbicas), compreende-se . A Lei do Divórcio agravou ............... o aborto também !

 

12 Fevereiro 2009 - 09h35
 

90% de violência doméstica
APAV regista 19 mil crimes em 2008

Mulher, portuguesa, entre os 26 e os 45 anos, casada, com filhos, a viver nas grandes cidades e do próprio trabalho, é este o perfil da vítima-tipo de crimes, revela a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), que indica que 90 por cento das queixas recebidas em 2008 são de violência doméstica. Os autores dos crimes são, na sua maioria, homens.

Os números fazem parte do relatório anual estatístico da APAV, divulgado esta quinta-feira, segundo o qual foram reportados 18 669 crimes em 2008, mais 2 200 face ao ano anterior, dos quais 90 por cento de violência doméstica.

Globalmente, 80 por cento das situações verificadas correspondem a casos continuados de crimes, com uma média a rondar os dois e três anos de duração. Uma perpetuação da vitimação que, considera a associação, está intimamente ligada à violência doméstica.
No ano passado, a APAV abriu 7852 processos onde se registaram vitimação e em mais de 36 por cento dos casos foi efectuada queixa/denúncia junto das autoridades competentes.
Nos crimes de violência doméstica, a APAV assinala que 87,1 por cento das vítimas eram mulheres  e 85 por cento dos agressores homens.
Cerca de 60 por cento dos casos de crimes registados pela associação ocorreu entre cônjuges ou companheiros, seguindo-se as relações de pais e filhos, 17,4 por cento.
Lisboa foi o principal distrito de residência da vítima com 33 por cento do total de processos, seguida do Porto (11,2 por cento), Faro (10,5 por cento), Setúbal (7 por cento) e Braga (5,7 por cento). 
PERFIL DA VÍTIMA QUASE INALTERADO
No que respeita ao perfil da vítima-tipo de crimes, a APAV indica que este permanece quase inalterado.
A vítima-tipo é mulher, portuguesa, entre os 26 e os 40 anos, casada, com filhos, reside nas grandes cidades e vive do próprio trabalho.
A faixa etária mais atingida mantém-se entre os 26 e os 45 anos de idade (33,1 por cento).  Indo um pouco contra a tendência do passado, além da prevalência dos europeus (83 por cento), seguem-se as vítimas do continente americano (3,3 por cento), das quais se destaca a comunidade brasileira (3,1%). O ano passado, o segundo lugar era ocupado pelas provenientes do continente africano.
Relativamente ao estado civil, mais de 47 por cento das vítimas era casada e pertence a uma família nuclear com filhos (52 por cento). 
Aproximadamente 42 por cento das vítimas não tinha qualquer dependência e quando existe a mais significativa é a de fármacos (6,9 por cento). 
O nível escolar das vítimas distribuem-se de forma bastante equitativa entre o primeiro ciclo e o ensino superior, com este último a atingir cerca de 9 por cento. 
A globalidade das vítimas vive uma situação económica estável. Cerca de 40 por cento estavam empregadas, sendo o seu principal meio de vida o rendimento do próprio trabalho (38 por cento).  O número de desempregados ascendia a 16,6 por cento, de estudantes a 8,4 por cento e de reformados a 11,2 por cento. 
AGRESSORES SÃO NORMALMENTE HOMENS
Já no que diz respeito ao perfil tipo do autor dos crimes, este é homem, tem entre os 26 e os 55 anos, casado, português e tem uma relação familiar com a vítima, vive do próprio trabalho e pratica crimes de violência doméstica de forma continuada.
Mais de metade dos que praticam crimes são casados e relativamente ao seu continente de origem, 75 por cento são europeus. Os continentes africano e americano representam, no seu conjunto, cerca de 3,4 por cento.
Pouco mais de 22 por cento não tem qualquer dependência e 19,3 por cento tem dependência do consumo  de álcool, segundo o relatório da APAV.
As habilitações escolares sãos distribuídas de forma transversal e relativamente equitativa  entre o primeiro ciclo e o ensino superior, que atinge os 7,3 por cento.  
A maioria (46 por cento) dos autores de crime estava empregada e apenas  12,6 por cento destes eram desempregados e sete por cento reformados.  
 CM
publicado por luzdequeijas às 19:06
link | comentar | favorito

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. O CONCEITO DE SERVIÇO PÚB...

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. COSTA V.S MERKEL

. MANHOSICES COM POLVO, POT...

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub