Sexta-feira, 5 de Setembro de 2008

CERTIFICADOS DE AFORRO

luzdequeijas

Numa grande entrevista com o SETF Carlos Pina, do actual governo, e num largo auto-elogio, este afirma:    “ voltava a alterar os certificados”. E afirma que ao reduzir a rentabilidade destes produtos toma uma medida do tipo : “ Robin dos Bosques”. Não admira está na moda ! Explica depois, que grande parte dos subscritores não são pequenos investidores. Bom, o dito Robin deve estar baralhado. Para acabar com os ricos mata os pobres. Podia ao menos lembrar-se de que seria mais lógico estabelecer escalões, a partir dos quais reduziria, a sua rentabilidade, se isso, ele julgasse importante. Dá para desconfiar de tal medida. Os ricos também têm a sua utilidade !
Mas, ao menos, dessa forma não destruía a poupança dos milhares de pobres ou remediados, tão útil e salutar, e evitava uma enorme corrida ao resgate. A impunidade é confrangedora (460 milhões de euros perdidos). A outra importante descoberta foi os serviços públicos pagarem renda ao Estado pelas instalações que ocuparem, para financiamento dos monumentos nacionais. Não joga muito bem com o sistema “ Simplex" implementado. Joga muito mais com o sistema “ Complex” ! Mas eles lá sabem. Responsabilização precisa-se. Urgente!!!
Tudo isto tem muito a ver com a crónica vocação dos governos socialistas de gastarem muito, mas sem necessidade de cortar ou aliviar a despesa. Aliado ao facto de se sentirem bem no poder ! Desta vez está complicado. Fizeram nascer o monstro e, agora, estão entalados. Nós povo estamos muito mais ! Porque quem está a alimentar o dito, somos nós. Com este espirito tudo têm feito para fazer crescer a receita. Desde penhoras a bens essenciais, à publicação na praça do nome dos devedores, expropriações etc. Esticam, esticam ! Mas não dá mais, e as eleições estão à porta. Na situação em que está o país e os portugueses, qualquer governo deve tomar as decisões correctas para sanar as dificuldades, sem pensar em ganhar novas eleições. Isso é um crime. Porém, na velha tradição, para ganhar é preciso fazer obra. Ainda que essa obra não traga riqueza e traga muita despesa.
Outra tradição da governação socialista é a precariedade dos estudos que fazem ou melhor, que não fazem ( ex ; caso da OTA ! ). Para os fazerem correctamente teriam de os ver na sua verdadeira perspectiva e disso eles não gostam. Tomada posse, é deitar tudo a baixo! Para de seguida fazer o mesmo ou pior! De qualquer modo fazer obra é ponto de honra, mesmo sem dinheiro. Mesmo gerindo as finanças de forma pouco transparente e equilibrada. Por toda a Europa os governos socialistas actuam deste modo e na falta de dinheiro inventaram a desorçamentação. Tal como o nome indica, a desorçamentação é precisamente a não inclusão de todas as despesas no Orçamento Público! É a ocultação de despesa e de dívida pública, por forma a se poder dizer que as contas nacionais estão bem quando, a final, estão mal. O que se tem passado em Portugal com a ocultação de despesa, além de um escândalo, é um crime político contra as gerações vindouras. Desde os tempos de Guterres que o governo está, sem conhecimento dos portugueses, a criar engenharias financeiras para não pagar as obras que faz. São os casos do “leasing” dos equipamentos militares, e das portagens virtuais, entre muitas outras ! Sempre que o Estado se precisa de endividar, recorre à divida pública. Emite, por exemplo, Certificados de Aforro. As pessoas ensinadas na virtude da poupança economizam dinheiro e compram-nos. Com esse dinheiro o governo financia as obras públicas que ultrapassam o dinheiro arrecadado com os impostos. Tais certificados de aforro são dívida pública e mais tarde serão amortizados, com os impostos que, novamente, os portugueses irão pagar.
A taxa de juro que o Estado paga da sua divida é muito mais baixa do que aquela que pagaria num “leasing” ou por um empréstimo bancário. É por esta razão que os Certificados de Aforro, desde há muitos anos, são um óptimo negócio para o Estado ! Porém, isto é prática de desorçamentação e está, em conformidade com o Pacto de Estabilidade que Portugal assinou com a EU, ferido de ilegalidade. Os governos deveriam, em todas as circunstâncias, gastar menos e não ultrapassar o dinheiro disponível. No caso das portagens virtuais, são as empresas construtoras que pagam essas auto-estradas e, assim, o Estado está a esconder nos seus orçamentos privados a sua divida ! São os construtores que de facto as pagam. No entanto o Estado vai pagá-las, nos próximos 20 ou 30 anos. Com taxas de juro elevadíssimas ! trata-se de um brutal endividamento oculto !
Por toda esta descrição, se pode imaginar o altíssimo serviço que os Certificados de Aforro têm prestado ao país, evitando o pagamento pelo Estado dos elevados juros do “leasing”, ou dos empréstimos bancários e, ainda, dos pagamentos diferidos feitos aos construtores ! É esta perspectiva histórica do alto mérito que os Certificados de Aforro têm representado para as finanças públicas, para além do seu intrínseco valor na poupança, que o Secretário de Estado parece desconhecer . A decisão de mexer neles é grave, nas duas perspectivas. Quanto à taxa "Robin dos Bosques" não passa de uma triste ignorância. Sem aforros, os construtores e os bancos ficam-se a rir à nossa custa ! O dito "Robin", atacou os pobres para dar aos ricos !

António Reis Luz

 

publicado por luzdequeijas às 23:30
link do post | comentar | favorito
|

.Relógio

.Contador

Design Logos

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

. O REGRESSO AOS VALORES

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

. LIÇÕES PARA QUÊ?

. POR QUE OS PIORES

. UM DIREITO CONSTITUCIONAL...

. A GRANDE MUDANÇA

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds