Segunda-feira, 13 de Janeiro de 2014

A LEI DAS ROLHAS

O Duque da Terceira sobe ao poder em Abril de 1836. Cartistas (apoiantes da Carta Constitucional) e Vintistas (apoiantes da revolução de 1820) continuam a não se entender.

A Guarda Nacional intervém. Obriga a rainha a revogar a Carta Constitucional e a repor a Constituição de 1822.

Perante a insurreição diária em que Portugal vivia, a França e a Inglaterra, pensam intervir.

A rainha deixa o Palácio das Necessidades, vai para Belém. Há um golpe de Estado (Belenzada) contra o Setembrismo (referente à revolução de Setembro de 1836). Passos Manuel (Manuel da Silva Passos foi ministro do reino. Governa em ditadura. A ele se deve o desenvolvimento do ensino) opõe-se com alguns revolucionários. Sá da Bandeira forma governo. São Convocadas as Cortes Constituintes.

Começa a primeira Reforma Geral do Ensino.

São criados liceus onde os alunos aprendem a teoria e a prática que os levará às universidades ou ao mercado de trabalho. Em Lisboa e no Porto são criados os Conservatórios de Artes e Ofícios. Mais tarde serão fundados, em Lisboa, o Instituto Agrícola e o Instituto Industrial.

A Constituição é jurada em Abril de 1838. Sá da Bandeira demite-se.

Em 1839, Alexandre Herculano, é designado diretor-geral para as Bibliotecas da Ajuda e Necessidades.

Em 1841 é nomeado o primeiro reitor leigo da Universidade de Coimbra. Começa a secularização do ensino.

Em Janeiro de 1842, Costa Cabral faz mais um pronunciamento militar; restabelece a Carta Constitucional. É indicado para ministro do Reino e governa em Ditadura até 1846. O país beneficia de acalmia. São abertas estradas, é elaborado o novo Código Administrativo. São criadas obras de assistência. A lavoura ganha um novo impulso.

Neste ano de 1846, é iniciado no Minho uma sublevação popular contra a proibição dos enterramentos nas igrejas. Esse levantamento ficou conhecido por Maria da Fonte. Na segunda fase toma o nome de Patuleia.

A luta tomou tais proporções que D. Maria II pediu a intervenção estrangeira para acabar com a revolta. Entraram em Portugal tropas espanholas, francesas e inglesas. A luta terminou em 30 de Junho de 1847 com a assinatura da Convenção de Gramido a qual aceitava a rendição da Junta Patriótica do Porto, acabava com a guerra civil, ficando o general espanhol Concha e o seu exército no Porto.

É publicada a lei contra a liberdade de imprensa. É a célebre Lei das Rolhas aprovada em (8 de Março 1850).

As forças estrangeiras de intervenção aceitam um governo liderado pelo Duque de Saldanha e por Costa Cabral. Pouco tempo depois, desentendem-se. Costa Cabral fica só. Passado pouco tempo, o Duque de Saldanha, com um contragolpe, em 1851, toma o poder, chama Fontes Pereira de Melo. Começa o período conhecido por Regeneração. É um movimento contra a maneira de governar de Costa Cabral. Tem o apoio de Alexandre Herculano.

O Governador de Timor, Lopes da Silva, cede metade do território aos holandeses. É preso por esta atitude.

São uniformizados os pesos e as medidas.

Em 1852 dá-se a reforma da Carta Constitucional pelo Ato Adicional, o qual mudava as eleições de indiretas em diretas, reforma o sistema administrativo das colónias e abole a pena de morte para os crimes políticos. Começa, um trabalho profícuo que havia de se estender por alguns anos.

Em 1853 é emitido o primeiro selo português.

 

publicado por luzdequeijas às 12:44
link do post | comentar | favorito
|

.Relógio

.Contador

Design Logos

.Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

15
18

26

27
28
30
31


.posts recentes

. A ÁGUIA E A GALINHA

. CULTURA OCIDENTAL

. TRANSFORMAÇÃO SUBTIL E PE...

. A EDUCAÇÃO QUE TEMOS!

. COGITO, ERGO SUM

. OS DESESTABILIZADORES DE ...

. AS NINFAS

. ADSE VS SNS

. AGÊNCIAS NOTICIOSAS

. FISCALIZAÇÃO PREVENTIVA O...

. O QUE FAZ O JORNALISTA:

. JORNALISMO ONLINE

. ALDEIA GLOBAL

. CONSELHOS AVISADOS

. PORTUGAL EM 2009

. ÁGUA PERDIDA NO TRANSPORT...

. LIBERDADE DE EXPRESSÃO

. “O SISTEMA“

. REFORMAR? PORQUÊ E PARA Q...

. REVOLUÇÃO DOS CRAVOS

. OS TESTES DO TEMPO NÃO ME...

. PRINCÍPIOS E TRADIÇÕES

. A PERFEIÇÃO HUMANA

. GUERRA FRIA

. OS TESTES DO TEMPO

. DOIS BLOCOS

. RESUMO HISTÓRICO DA INFOR...

. A ERA DOS COMPUTADORES

. EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES

. OS COMPUTADORES DE HOJE

. LUSCO-FUSCO

. AS VIUVAS

. MODELOS DE FUNÇÃO PÚBLICA

. FUNCIONALISMO PÚBLICO EM ...

. A CONFIANÇA NO FUTURO, EM...

. SENTIMENTOS À MISTURA

. A CULPA É DE TODOS ….

. PRIMÁRIAS NOS ESTADOS UNI...

. PRIMÁRIAS SOCIALISTAS EM ...

. A CIDADE E OS CAMPOS

. LIVRES, SAUDOSOS E INDEPE...

. A MEMÓRIA QUE TEMOS

. TAMBÉM QUIS ACREDITAR

. RELÓGIO DE SOL EM QUEIJAS

. O POVO E OS TIRADENTES

. DIGAMOS TODOS, NÃO

. O EFEITO DA DEMORA

. A IMPORTÂNCIA DO DÉFICE O...

. DISCURSO PRESIDENCIAL

. OPINIÃO GERAL DA POPULAÇÃ...

.arquivos

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. PELOS VISTAS

. ...

. SEBASTIÃO da GAMA

. É o Delírio

. XENOFOBIA

. O Menino do Cravo

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds