Segunda-feira, 23 de Junho de 2008

SER OPOSIÇÃO

 

Com relativa frequência o actual governo de Portugal, pede à oposição que lhe dê ideias sobre o modo como se deve governar. Dêem ideias ! Muitas e muitas vezes atira, sistematicamente, a culpa de tudo que está mal para cima das costas da oposição ! Mesmo depois de em campanha eleitoral ter dito que não o faria nunca. Até os órgãos de informação, perguntam à oposição que fariam se estivessem a governar o país ! Seria isto normal se lhes concedessem metade da atenção e espaço que concedem às opiniões do governo. Seria ainda normal, se também fizessem essas mesmas perguntas ao governo. Perguntas sobre os imensos problemas que tem entre mãos para resolver e não resolve ! Problemas do povo . Povo que lhe confiou a governação!
Os jornalistas de serviço, no último congresso do PSD, depois do discurso de encerramento, feito pela líder eleita, perguntavam sistematicamente a toda a gente se não tinham achado o discurso muito vago. É muito estranho, porque um discurso de uma pessoa acabada de tomar posse no partido, naturalmente, só poderia e deveria conter linhas gerais de orientação. E já é muito bom.
 
Quanto ao governo, não se sabe bem porquê, continua a merecer um estado de graça que outro governo nunca teria! Se Portugal tivesse melhorado, vá que não vá. Se analisarmos o trabalho e resultados obtidos por cada ministério, o nível de vida do povo nestes três anos, a caminho dos quatro, e os pesados impostos que teve de suportar, com tendência para agravamento, só podemos concluir por uma actuação desastrosa. Seria bastante lógico perguntar ao primeiro – ministro algo sobre as promessas, feitas e não cumpridas. Seria, igualmente lógico, perguntar – lhe onde estão as ideias de sua autoria para melhorar o país ! Aquelas poucas que foram encetadas, praticamente, todas tiveram origem em medidas já tomadas noutros países ! Flexisegurança, simplex, aborto, casamentos de homossexuais, plano tecnológico, legislação laboral etc. , foram cópia de outros países e , na sua maioria, não estão a funcionar ! Serão a solução ?
 
Dizem os órgãos de informação que o nosso primeiro – ministro é corajoso. É insultado e vai em frente. Bom, tomemos como exemplo um dos países no qual tanto se inspirou, a Irlanda : a ilha tem 6 milhões de habitantes ( um pouco mais de 4 na República da Irlanda). Mais de um milhão de irlandeses estão emigrados, em Portugal estarão mais de 5 milhões ! O seu milagre económico iniciado nos anos 90 ( crescimento médio de 7,2 % ) fez com que muitos regressassem. Sem qualquer milagre económico os portugueses continuam a emigrar aos muitos milhares por mês ! Continuam com níveis de confiança cada vez mais baixos. Os irlandeses oferecem às empresas que se quiserem radicar no seu país 12,5 % de IRC e nós 25 %. Os irlandeses conseguiram através de um ensino de muito rigor e altíssima qualidade, uma mão – de - obra das mais qualificadas no mundo e nós, continuamos a querer disfarçar as estatísticas da educação, para iludir os quase impossíveis investidores que queiram instalar-se em Portugal ! Quanto a mão – de – obra, estamos falados. Barata é, só que normalmente sai cara.
 
A República da Irlanda é um país tornado independente em 1922 e Portugal em 1139. Tivemos mais que tempo de ter antecipado e , até, de ter ultrapassado este novo “ tigre europeu” que soube ombrear com os famosos “ tigres asiáticos”, em pouco mais de uma meia - dúzia de anos ! Tínhamos estruturas como país antigo e eles tinham acabado de nascer como gente livre.
 
Lamentavelmente o nosso primeiro – ministro foi copiar muitas ideias à República da Irlanda, mas que ainda não conseguiu erguer neste Portugal. Tinha tantas lições a aprender na Irlanda, mas parece que muitas delas quis olvidar, como sendo o eterno problema do “ Betão”. Portugal é o país da EU com mais auto-estradas por quilómetro quadrado e na Irlanda praticamente não existem ! Eles sabem que primeiro que tudo é preciso criar riqueza e, só depois, investi-la. Nós, fazemos obra improdutiva, sem ter dinheiro para isso!
Assim, os irlandeses repudiaram um modelo de desenvolvimento assente no famigerado “ betão “ que, no nosso caso, nos atira para uma divida pública a pagar até aos nossos netos! As grandes obras do "betão" enganam. Parece a alguns "opinion makers" que animam a economia, mas tal , não passa de um engano. Fazem aumentar os impostos pagos pelo povo e pelas empresas e, com isso, aumentam os preços dos artigos produzidos tornando-os altamente incompetitivos, num mundo altamente competitivo. O caminho mais seguro é exactamente apoiar de todas as formas as pequenas e médias empresas e, com elas, virá a riqueza.
Não admira que este povo irlandês se mostre pouco encantado com o “ Tratado de Lisboa”, que ninguém lhe soube explicar- lhes, mas do qual desconfiam, até por causa de matérias como o casamento de homossexuais, aborto e eutanásia . Também não podem esquecer quanto lhes custou obter a sua independência e com ela querem, agora, defender a sua identidade. Acabarão por assinar esse “tratado “, imperioso para uma EU, da qual tão bem souberam potenciar os muitos fundos estruturais que durante anos foram recebendo, por terem sido um dos países do Fundo de Coesão tal como a Espanha, Grécia e Portugal. Depois de bem esclarecidos, assinarão . E nós ? Fizemos o Tratado ? Porreiro, pá.
António Reis Luz
publicado por luzdequeijas às 22:06
link do post | comentar | favorito
|

.Relógio

.Contador

Design Logos

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

. O REGRESSO AOS VALORES

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. " Tragédia Indescritível"

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

. LIÇÕES PARA QUÊ?

. POR QUE OS PIORES

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds