Domingo, 11 de Maio de 2008

O COPO MEIO CHEIO

 

Desde que foi empossado em primeiro-ministro, Sócrates levou para a praça pública, um copo com água, exactamente até metade. Sempre que acha oportuno, vem dizer ao país inteiro que o copo está meio - cheio !
Com benefício da dúvida, é de acreditar que pretende, com isso, levantar a confiança e auto – estima dos portugueses ! Seria louvável se o copo não estivesse meio- cheio e meio- vazio, há muito tempo!
No primeiro caso, quando o PIB aumenta de 0,1 % o país é largamente informado ! A máquina publicitária está afinada e é poderosa !
No segundo caso, quando as variáveis económicas estacionam ou diminuem 0,1 %, o silêncio é sepulcral !
 
Em boa verdade o copo está sempre na mesma !
 
E Portugal, para recuperar o imenso atraso que regista, precisa de elevadas subidas no seu produto. O povo, mesmo sem nada entender de percentagens, nem de economia, a não ser da de sua casa, fica impávido, mas as sondagens lá continuam em alta para Sócrates.
Estamos perante um “ case study” ?
Parece indesmentível existir uma permanente manipulação dos dados tornados públicos, pois, com atenção, vê-se que infelizmente, não há motivos nenhuns para tanta euforia. Antes pelo contrário.
Há ainda, mais formas de manipular, na opinião pública, as variáveis económicas e financeiras. Por exemplo, neste preciso momento, os países ricos estão a crescer, na sua maioria, a um ritmo abaixo dos 2 % ao ano ! Ainda não lembrou ao primeiro – ministro vir junto do copo meio – cheio, afirmar que temos um crescimento igual aos dos países ricos ! Até era verdade.
Só que, aqui, lembro – me do tal cozinheiro que durante a tarde fazia a sopa para o jantar no restaurante. Para que não azedasse ela era metida noutros tachos mais pequenos e guardada no frigorífico. Nesta operação quando um tacho estava quase cheio o cozinheiro abrandava o ritmo do enchimento, para não entornar. Quando começava a encher outro tacho fazia – o primeiro com rapidez. Nem olhava. Depois voltava a abrandar.
Portugal é o tacho vazio, permite e necessita de enchimento ( crescimento) rápido. Agora . Muito acima dos outros países !
 
A economia caseira de cada português faz-lhe sentir, sem mentiras, de há muitos anos a esta parte, que estamos em queda acentuada de nível de vida.
Sócrates sabe – o bem.
A manipulação do desastre conhece, então, outras formas. Uma das mais corriqueiras é a do “ betão “ tão criticado a Cavaco, pelos socialistas.
Nessa altura Portugal não tinha infra - estruturas e necessitava dele para o seu desenvolvimento. Muito. Hoje, já não é bem assim.
Portugal , actualmente, é um dos países da Europa com mais AE por quilómetro quadrado. O novo plano rodoviário prevê mais 570 Kms nos próximos anos. As obras públicas de barragens, o aeroporto e TGV, são despesa que disfarça o crescimento do PIB, mas não é economia real, criadora de riqueza directa . A nossa produtividade continua das mais baixas da EU. As falências aceleram em Portugal !
A curto prazo, com o betão, os efeitos parecem positivos mas, a médio prazo, é o caminho para o abismo. É para lá que vamos, através de puro ilusionismo, para alcançar as estatísticas anunciadas e diminuir o desemprego, esquecendo o crescimento sustentado do país.
Sócrates está grudado no poder !
 
Nós e as futuras gerações pagaremos este erro tremendo, bem caro. Estamos perante uma visão retrograda do “betão”, pior que as teorias de Thomas Malthus e os benefícios obtidos com a Revolução Industrial, entre 1650 e 1850 que, segundo ele, fizeram com que a taxa de mortalidade declinasse, ampliando assim o crescimento natural. Preocupado com tal crescimento populacional Malthus, em 1978, publica uma série de ideias alertando para a importância do controle da natalidade, afirmando que o bem estar populacional estaria intimamente relacionado com crescimento demográfico do planeta. Malthus acreditava que o crescimento desordenado acarretaria a falta de recursos alimentícios para a população, gerando como consequência a fome. O aborto já foi aprovado!
A crise de alimentos já chegou ! O tempo da comida barata já passou ! Nesta conjuntura vamos ver o que faz Sócrates. Talvez faça como Guterres, e bata com a porta, assustado com o pântano !
António Reis Luz
publicado por luzdequeijas às 16:05
link do post | comentar | favorito
|

.Relógio

.Contador

Design Logos

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. MUDAR SÓ POR MUDAR.

. CENTRO DE DIA DE QUEIJAS

. ALMOÇO MUITO INDIGESTO

. FUMO BRANCO E NEGRO

. ENDIVIDAMENTO PÚBLICO E P...

. A POLÍTICA COR-DE -ROSA

. OS QUATRO IMPÉRIOS

. O ASSOCIATIVISMO

. DOUTOR DA MULA RUÇA

. A CLASSE MAIS CASTIGADA

. AS VITIMAS DA CIGARRA

. O NOSSO ENTARDECER

. A SACRALIDADE DA PESSOA H...

. SABER TUDO ACERCA DE NADA

. A NOSSA FORCA

. A MORTE ECONÓMICA

. GERAÇÃO DE OURO

. OS TEMPOS ESTÃO A MUDAR

. SEDES DE RENOVAÇÂO “

. 200 000

. DO PÂNTANO A SÓCRATES

. O ESTADO PATRÃO

. A MENTIRA

. O SILÊNCIO DOS BONS

. ARMAR AO PINGARELHO

. ENSINO À DISTÂNCIA

. A CIÊNCIA DO BEIJO

. A VERDADE PODE SER DOLORO...

. COSTA V.S MERKEL

. PROTEGER O FUTURO

. RIQUEZA LINCUÍSTICA

. A MÃO NO SACO

. DOUTRINA SOCIAL CRISTÃ

. GRANDE SOFRIMENTO

. IMAGINEM

. LIBERDADE COM SEGURANÇA

. COSTA CANDIDATO

. DEBATES PARTIDÁRIOS NA TV

. NA PÁTRIA DO ÓDIO

. PORTUGAL, UM PAÍS DO ABSU...

. NÓS, NÃO “PODEMOS”

. CIVILIZAÇÃO Pré-histórica...

. AS REGRAS DA VIDA REAL

. UMA SAUDÁVEL "LOUCURA"

. UMA SOCIEDADE SEM "EXTRAV...

. O MUNDO DOS ANIMAIS

. A CRISE NO OCIDENTE

. O POVOADO PRÉ-HISTÓRICO D...

. AS INTRIGAS NO BURGO (Vil...

. O REGRESSO AOS VALORES

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.favorito

. Sejamos Gratos

. OS NOSSOS IDOSOS

. CRISTO NO SOFRIMENTO

. NOTA PRÉVIA DE UM LIVRO Q...

. SEMPRE A PIOR

. MEDINDO RIQUEZAS

. A LÁGRIMA FÁCIL

. LIÇÕES PARA QUÊ?

. POR QUE OS PIORES

. UM DIREITO CONSTITUCIONAL...

.mais sobre mim

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds